O laser de baixa potência ou terapêutico é também muito utilizado na Medicina, Fisioterapia e Acupuntura, esse tipo de laser pode substituir ou diminuir o uso de medicamentos, já que possui efeito anti inflamatório e analgésico e atua na reparação tecidual, acelerando a cicatrização.  Promove o alívio de dores de diversas etiologias, incluindo hipersensibilidade dentinária, dores de origem pulpar, dores nevrálgicas, dores em tecido mole, mialgias, dores de pré e de pós-operatório. Podemos ainda utilizar o laser para irradiar pontos gatilho em dor como meio eficaz de tratamento de dor orofacial.

Veja alguns exemplos que se indica a terapia laser podendo ser usado isoladamente ou como coadjuvante de outros tratamentos, sempre que se necessite de um efeito local, já que ela estimula a micro circulação, bem como a formação de células no local, ou ainda quando se necessite de um efeito terapêutico geral.
O número de sessões que empregamos na maioria das patologias é de 1 a 15. A frequência de aplicações varia de uma a duas vezes por semana; em alguns poucos casos aumentamos essa frequência para três vezes por semana.

ALÍVIO DA DOR

REPARAÇÃO TECIDUAL
A fotobioestimulação por laser tem sido empregada de maneira bastante afortunada em tratamentos de condições de necrose pulpar, após o tratamento endodôntico, bem como nos casos de lesões traumáticas, viróticas (herpes) ou no pós-operatório, promovendo uma reparação tecidual mais rápida.
REDUÇÃO DE EDEMA E HIPEREMIA (efeito antiinflamatório, antiedematoso e normalizador circulatório)
Podemos utilizar o laser em polpa durante o tratamento de corte ou desgaste do tecido dental, para eliminar a inflamação pulpar transitória que se instala após esse tipo de tratamento. É bastante satisfatória também, sua aplicação em pós-operatório de procedimentos no campo da periodontia, assim como no pós-operatório de cirurgia oral menor, principalmente se esta for traumatizante ou complicada.
QUANDO DEVO APLICAR O LASER?
É interessante que o laser seja aplicado na fase inicial da lesão, pois é nesse momento que sua eficácia é maior contra o Vírus, no caso do herpes. Mesmo assim o laser poderá ser aplicado em outras fases melhorando principalmente a qualidade cicatricial da região afetada para que ela não fique marcada.
APLICAÇÕES CLÍNICAS
Relacionamos as patologias mais rotineiras da clínica odontológica; porém, o laser de baixa potência pode ser utilizado em diversas especialidades odontológicas com ótimos resultados terapêuticos:
– Afta
– Alveolite
– Bioestimulação Óssea
– Cárie
– Cirurgias
– Disfunção da atm
– Edemas
Endodontia (tratamento de canal)
– Extração
– Gengivite
– Herpes Simples
– Herpes Zoster
– Hipersensibilidade Dentinária
– Lesão Traumática
– Mucosite Decorrente de Quimioterapia
Ortodontia
– Pediatria
– Pericoronarite
– Periodontite
– parestesia
– Queilite Angular
– Nevralgia de Trigêmeo
Na Dental Fine você encontra profissionais treinados e equipamento moderníssimos, whitening laseII da DMC
Clínica Dental Fine
A Clínica Dental Fine conta com o que há de mais moderno em equipamentos e serviços.
Bookmark and Share

Comentários do Facebook

comentários

Laserterapia em Santo André e Grande ABC Paulista
Date

19 de fevereiro de 2015

Client

Laserterapia em Santo André e Grande ABC Paulista

Category

Tratamentos